quinta-feira, 2 de abril de 2015

A FÉ E AÇÃO

“ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.” Hebreus 11:1.
 É uma disposição sobre-humana acreditar no humanamente impossível, mas é isso que materializa a promessa de Deus para o homem. A promessa revela a vontade de Deus e, sem fé, torna-se inócua, pois é preciso que a confiança de todo o coração influencie a mente, o espírito e o corpo de todos que a abrigam no seu interior, a fim de que se torne mais forte do que a própria pessoa.
A fé não é algo desequilibrado ou irresponsável. Tem uma base, que é a Palavra de Deus. A Bíblia diz: “A fé vem pelo ouvir e o ouvir a palavra de Deus”. Não é uma aceitação cega e descabida de qualquer razão, mas um sentimento sustentado em Deus, embasado nos fatos que envolvem Sua vida, Sua obra, Seu poder e Sua Palavra.
Para que a fé entre em ação, são necessárias as seguintes atitudes:
 1-CREIA
“Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam…” (Hb. 11: 6). Todo milagre descrito na Bíblia vem acompanhado da fé, mesmo porque  sem ela não há nem mesmo a iniciativa de pedir ou de buscar algo. Acredita que algo pode acontecer nos impulsiona a ir além dos limites impostos pelas circunstâncias, como ocorreu com a mulher do fluxo de sangue e com o general Naamã. Toda conquista, no reino do espiritual e no reino físico, começa com uma semente de fé.
É interessante notar que a definição de fé bíblica é totalmente dissociada da visão. Boa parte das vezes em que desanimamos em algum propósito podemos constatar que é a visão da realidade imediata enfraquece nossa fé. Há momentos em que é preciso fazer como Abraão: crer contra a esperança, mudar a imagem de fracasso impregnada em nossa mente pelas experiências de fé descritas na Palavra e crer que Deus não está nem um pouco limitado ao mundo natural e as suas circunstâncias.
2-VISUALIZE
Como mencionamos, há em nosso interior uma imagem definida sobre aquilo que desejamos e aquilo que não desejamos aquilo que queremos que aconteça e aquilo que não queremos que aconteça. Essa imagem influencia diretamente a fé empenhada em determinada situação. E como a fé é necessária para qualquer milagre, isso influencia em nossos milagres. Por isso é imprescindível que haja em nós uma mudança real de visão. Quando Abraão estava desanimado, com uma fé enfraquecida, Deus tocou sua visão, dando-lhe uma imagem para fazê-lo visualizar a promessa: mostrou-lhe o céu e sua imensidão e, a seguir, pediu-lhe que contasse as estrelas, o que, obviamente, era humanamente impossível. Como se não bastasse, a seguir, deu-lhe mais uma injeção esperança, mostrando-lhe a areia do mar e dizendo a ele que todas as vezes que olhasse para algum daqueles sinais lembrasse do alvo que perseguia. A partir daquele momento, Abraão passaria a visualizar aquela promessa sempre, pois, de dia, andava numa terra desértica e, à noite, como teto de sua habitação tinha as estrelas. Assim podia, em qualquer situação, não somente lembrar-se da promessa, mas também deixar que sua mente fosse impregnada pela imagem do seu milagre. Assim sua fé era fortalecida para mais um tempo de jornada.
A verdadeira fé se faz acompanhar de uma imagem de vitória (“é a certeza…”). Podemos citar como exemplo também a mulher com fluxo de sangue, pois disse: “… se eu apenas tocar a orla de suas vestes, serei curada…” Antes de agir, ela tinha clara em sua mente a cena do que faria. Assim sua fé foi fortalecida. Quando chegou o momento de viver sua chance de cura, ela logo transpôs os obstáculos, na CERTEZA de que aquela era a hora de viver o milagre de sua vida de uma vez por todas. Não são poucas as áreas em que verdadeiramente precisamos de um milagre, porém, para experimentá-lo, somos desafiados a ver além do obvio.
Visualize pela fé o momento em que o milagre que você tanto espera irá alcançá-lo e sua vida será transformada. Não desperdice uma oportunidade sequer de vivê-lo, sabendo que Deus sempre dá uma chance. Os sonhos são parte estratégia de Deus para que visualizemos os milagres. Veja as situações com os olhos da fé. E lembre-se que isso não significa ausentar-se da realidade, mas crer que esta pode ser mudada. Abra seus olhos espirituais e deixe que Deus faça com você como fez com Abraão. Não se esqueça de que a fé e a ação são o reflexo da visão.